Início
O Conceito Essendi - Ser

 Reiki, Ciência e Medicina


O Reiki e a Ciência


A ciência é uma parte importante do Universo, mas o Universo não se resume à ciência. Não só o que é comprovado cientificamente é verdadeiro ou real. Esta é a minha visão sobre a ciência, e a história mostra que com o passar do tempo, muitas crenças e experiências que se diziam meramente metafísicas ou imaginativas numa determinada época, vieram mais tarde a encontrar parcial ou totalmente uma explicação científica. Espiritualidade e ciência não andam de costas voltadas, mas nem sempre os seus timings e experiências são compatíveis. No caso do Reiki, que se inclui nas formas de cura energética, as ligações à ciência são feitas através dos resultados da Física Quântica relativamente à essência energética do Universo de que todos fazemos parte. No entanto, embora os seus resultados e efeitos possam ser estudados cientificamente, o Reiki não é uma experiência mental e científica, é uma experiência sensitiva, em que se sentem os efeitos e resultados e percebe-se que as técnicas funcionam. Querer racionalizar e intelectualizar na sua totalidade o Reiki, é querer reduzir a sua essência e ficar aquém da sua dimensão.

Voltar ao Topo


O Reiki é reconhecido pela Organização Mundial de Saúde (OMS)?


É possível que em vários sites se encontrem referências a que o Reiki é reconhecido pela OMS, no entanto essa informação é inexacta e resulta de uma confusão gerada na interpretação de correspondência trocada com a OMS.

Correspondência OMS


A propósito desta questão e para a esclarecer definitivamente, a Associação Portuguesa de Reiki questionou directamente a OMS, fica aqui a resposta:

"A OMS não está na posição de reconhecer nenhuma terapia. A decisão só pode ser feita pela entidade nacional."


Mais informação Esclarecimentos da OMS sobre Reiki

Voltar ao Topo


Reiki nos Sistemas de Saúde/Hospitais


Este não pretende ser um apanhado de todos os países que recorrem nos seus sistemas de saúde ao reiki, mas apenas um apontamento de que o reiki pode contribuir de forma activa e integrada com medicinas tradicionais e alternativas para a saúde e bem-estar das pessoas.

Dos EUA, à África do Sul, passando pelo Reino Unido, Alemanha, Brasil, Espanha e outros países, o Reiki é utilizado em hospitais e centros médicos privados e públicos nos pacientes de uma forma geral e também em doentes oncológicos, pessoas sujeitas a intervenções cirúrgicas entre outras situações. Pode ser vista uma lista mais completa em:

Reiki em Hospitais, divulgação de dados internacionais


Em Portugal também já existem alguns projectos de colaboração em hospitais, ficam aqui 2 exemplos: um no hospital de São João no Porto, do qual se apresenta esta reportagem realizada em Janeiro de 2011 sobre o reiki aplicado em doentes oncológicos e outro no hospital de Cova da Beira, onde são realizadas sessões de reiki gratuitamente desde 2013.



Reiki em Regime de Voluntariado no Hospital da Cova da Beira, Fundão

Fica também a partilha de uma reportagem e uma notícia sobre a experiência de Reiki em 2 hospitais em Espanha.

Nas palavras de uma médica de um hospital em Espanha, o Reiki tem ajudado a diminuir a ansiedade e angústia dos doentes oncológicos e sentem-se psicologicamente mais animados. Tem contribuído para melhorar a sua qualidade de vida.




Reiki significa «energia universal», explica Curtin:

«É um método de cura natural que consiste em canalizar energia num único ponto do corpo, colocando as mãos em cima. O Reiki não cura por si mesmo, mas fortalece a nossa capacidade autocurativa». A médica Araceli Garcia conta como os seus companheiros aplicam a técnica para tratar dores de cabeça e «algumas enfermeiras, com mais experiência, ajudam a dormir crianças hospitalizadas»

Num outro extremo de Madrid, os doentes oncológicos do hospital Ramón y Cajal já recebem sessões de reiki há três anos, todas as quartas-feiras, graças à Associação Alaia, que se encarrega dos doentes terminais. Entretanto, o hospital já autorizou uma investigação sobre os efeitos do reiki.

«Verificamos que o tratamento tem um efeito muito benéfico nos pacientes, mas agora queremos revesti-lo de um carácter mais científico e por isso vamos realizar este projecto»

Adiantou ao jornal o responsável dos cuidados a doentes, Luís Carlos Martínez Aguado.


Notícia Completa

Voltar ao Topo


Estudos sobre Reiki comprovam Melhorias Biológicas


A medicina, a ciência perante as evidências e os resultados observáveis do Reiki começam a dedicar-se de forma mais consistente a tentar estudar os seus efeitos, e embora não seja possível medi-los todos, os que são biologicamente assinaláveis, são possíveis de estudar e é isso que tem vindo a ser realizado.

No artigo seguinte fica a constatação de alguns dos resultados estudados do Reiki: alterações nos níveis de hemoglobina e dos hematócritos e diminuição dos níveis de ansiedade. É partilhada também a perspectiva de uma medicina mais "energética" como uma realidade presente e futura.

Energia que “Guia” O terapeuta de Reiki

Voltar ao Topo


O que é o Reiki?
Testemunhos Reiki
Realizar uma sessão de Reiki